RESIDÊNCIA

A 2ª edição da Residência será realizada de 06/08/2016 a 07/10/2016. As inscrições estarão abertas até 26/06/2016 e a lista de selecionados será publicada em 11/07/2016.

Os selecionados receberão apoio do Red Bull Basement para utilizar a infraestrutura de nosso makerspace, onde irão trabalhar em seus protótipos junto com os mentores, além de assistir a aulas elaboradas especialmente para a produção de seus projetos.

 

SELECIONADOS DA 2ª RESIDÊNCIA DO RED BULL BASEMENT

Samanta Gimenez FlutureSão Caetano do Sul/SP Moskito Livre Kit de dispositivos que usam tecnologia livre e de baixo custo para combater o mosquito da dengue em dois estágios: na criação de ovos em água parada (gerando sua oxigenação) e no uso de repente eletrônico vestível (prevenindo picadas).
Giovanna Casimiro e Lina LopesSão Paulo/SP Balanços InterAfetivos O projeto consiste em um mobiliário urbano interativo para unir pessoas e iluminar a cidade. Os objetos são balanços que se acendem quando as pessoas sentam sobre eles ou tocam em outras pessoas, enquanto sentadas. Além de usarem baixa quantidade de energia para iluminar os espaços, eles movimentam corpos e afetos, tirando a sociedade da zona de conforto e trazendo a discussão da empatia, da ausência e presença do corpo na cidade.
Ricardo Coelho AlmeidaBelo Horizonte/MG Sala bolha As salas bolhas são ambientes infláveis a serem montados em espaços públicos para serem utilizados como espaço para reuniões, aulas, palestras e afins por qualquer pessoa com tal demanda.
Diogo Tolezano Pires e Pedro Luiz Godoy FilhoSão Paulo Pluvi.On Plataforma aberta/open source que disponibiliza informações meteorológicas hiperlocais e usa inteligência artificial para gerar insights tanto para a população (risco de enchentes/ duração da chuva) como para os negócios da cidade (vários setores são impactados por essa informação, como seguradoras, construção civil, varejo, agricultura, etc.).
Sara Lana Gonçalves da CostaBelo Horizonte/MG Pontos cegos, surdos e mudos de SP Criar uma ferramenta de mapeamento e rastreamento de pontos cegos, surdos e mudos de centros urbanos, não atingidos por câmeras de segurança e com maior e menor incidência de ruídos audíveis.

Detalhes do programa

Verba limite de R$ 4.000,00 para investir no projeto, mediante apresentação e aprovação da proposta de desenvolvimento do protótipo.

Utilização do lab acesso a todos os equipamentos e materiais disponíveis no laboratório.

Suporte e acompanhamento para uso dos equipamentos e ferramentas do makerspace.

A presença dos participantes é obrigatória de acordo com a agenda da residência, seja para as atividades ou para a criação do protótipo.

Ajuda de custo mensal dentro da capital R$ 1.500,00 e fora da capital R$ 2.000,00 e alimentação diária (almoço).

A residência tem uma agenda de encontros com mentores, além de aulas de diversos temas.

No término do programa residente deverá ter como entrega final um protótipo com capacidade de aplicação prática para uso.

Para se inscrever no projeto é necessário apresentar um protótipo inicial ou sketch detalhado sobre a ideia que pretende desenvolver.

Os projetos desenvolvidos durante a residência serão todos open source.

Mentor líder

Os mentores líderes auxiliarão na visão macro do projeto, no suporte e direcionamento conceitual.

Design Andrei Speridião Especializado em design envolvendo tecnologia e desenvolvimento de produtos, ele tuará na proposição de soluções, resolução de problemas e planejamento transversal diante de possibilidades e recursos do projeto.
Design Wesley Lee Designer, auto-didata em eletrônica e entusiasta de métodos de fabricação em geral, auxiliará em questões como: teste de conceito e projeto, aspectos a prototipar e desenvolver, comunicação dos resultados e idéia final.
Engenharia Fernando Orsatti Professor de engenharia no INSPER, trabalha com fornecimento de soluções de TI focadas em modelagem matemática, dará auxilio em eletrônica mecânica, mecanismos e inteligência de software.
Criatividade e Tecnologia Thiago Avancini Especialista em criatividade tecnológica no Google. Experiência em projetos digitais, dispositivos eletrônicos e instalações interativas, dará suporte em temas como conceito, inovação e mercado.
Planejamento Fabien Eychenne Experiência em gerenciamento de projetos e novas formas de produção industrial. Um dos responsáveis pela abertura do 1º Fab Lab em Paris, auxiliará no planejamento do projeto.
Planejamento Heloisa Neves Disseminadora da cultura maker no Brasil desde 2012, auxiliará no planejamento dos projetos, incluindo gestão de verba, cronograma e participação de terceiros.

Mentor em residência

O mentor em residência será responsável pelo acompanhamento diário dos residentes, auxílio em fabricação do protótipo e desenvolvimento de código.

Monitor Afonso Coutinho Autodidata em programação, Afonso é monitor do Makerspace do Red Bull Basement. Dará suporte em eletrônica, acompanhamento diário no desenvolvimento dos protótipos e no uso das máquinas e ferramentas.

Mentor convidado

Ao longo do programa, especialistas de diversas áreas visitarão o espaço para auxiliar os residentes em problemas específicos de cada projeto.